Empréstimo para abrir um negócio? O que você precisa saber antes de contratar

Crédito Consciente 15/02/2018 | 9:28

Você sempre sonhou em empreender. Pesquisou a melhor área de atuação, botou os planos no papel, calculou o investimento necessário e aí…percebeu que não tem todo o capital necessário para iniciar a empreitada. Como a maioria dos empresários, você viu que talvez precise de um empréstimo para abrir um negócio. Se você está nessa situação e não sabe exatamente o que fazer, as dicas abaixo vão te ajudar.

Faça um plano de negócio estruturado

Antes de começar a pesquisar linhas de crédito, é importante fazer um plano de negócios consistente e bem detalhado. Ele te ajudará a entender melhor a sua proposta de valor e como a sua empresa funcionará. E isso é fundamental para uma boa avaliação da sua necessidade de capital.

Por isso, se você ainda não montou seu plano de negócios, a dica é começar por ele. Na internet, você encontra várias referências de modelos que para formatar o seu plano. A página do Sebrae, por exemplo, oferece materiais muito ricos para quem quer empreender.

Tenha planos para o dinheiro

Um plano de negócio completo deve tratar dos aspectos financeiros da empresa. Procure deixar claro as estimativas de investimento inicial, custo operacional, estoque, capital de giro, entre outras variáveis.

Além disso, faça um detalhamento do capital que irá custear essas despesas. Isso significa definir se o seu negócio terá investimento próprio, se contará com o dinheiro de um sócio e / ou precisará de um empréstimo.

Se, depois disso, você perceber que precisará mesmo de um empréstimo, chegou a hora de definir em quais projetos pretende empregar o dinheiro. Esse é um ponto crucial para quem busca empréstimo para abrir um negócio.

O capital deve ser investido em projetos que gerem receita e contribuam para o pagamento das parcelas. O dinheiro pode servir, por exemplo, para contratar novas ferramentas que aumentarão a eficiência da empresa, ou investir em insumos que irão aumentar a produção.

Evite usar o recurso para cobrir despesas operacionais, como a folha de pagamentos, a menos que seja um caso emergencial. Para esse tipo de situação, existem empréstimos específicos e mais adequados, como o crédito para capital de giro e o crédito para antecipação de recebíveis.

Escolhendo o melhor empréstimo para abrir um negócio

Depois de produzir um plano de negócios estruturado e definir a destinação que você dará ao capital, finalmente chegou a hora de pesquisar as melhores opções de empréstimo para abrir um negócio.

O leque de opções é grande: existem desde linhas específicas para pessoas jurídicas, até empréstimos pessoais. Por isso, você deve avaliar com atenção.

O primeiro passo é selecionar as modalidades de empréstimo que se encaixam em seu perfil, já que as taxas e prazos variam de acordo com o tamanho da operação e as garantias que os clientes apresentam.

Se você possui um imóvel, por exemplo, pode solicitar um crédito com garantia imobiliária. Nesse caso, o bem entra como cobertura para a operação, possibilitando ao banco oferecer prazos maiores e taxas bem menores que outras formas de empréstimo.

No Banco Inter, o crédito com garantia imobiliária oferece as menores taxas do mercado.

Quem não tem um imóvel, pode buscar outras opções, como o crédito corporativo, o crédito consignado, além de linhas específicas para micro e pequenas empresas. Seja qual for a opção, tenha em mente que sempre existe a possibilidade de negociar taxas e prazos melhores, de acordo com o seu perfil e histórico. Por isso, depois de pesquisar, entre em contato com o banco e negocie. Você pode conseguir condições ainda melhores.

Cuidados que você deve tomar

Para que você possa arcar com as parcelas, sem colocar em risco o seu negócio, o ideal é que o custo da dívida não comprometa mais do que 20% da sua geração anual de caixa.

Um exemplo: se você prevê uma geração de caixa de R$ 100 mil por ano, o custo do financiamento não deve ultrapassar os 20 mil, principalmente se você estiver iniciando uma empresa nova.

Outro cuidado importante ao contratar um empréstimo para abrir um negócio é manter-se fiel ao planejamento. Evite gastar o dinheiro em ações que não contribuirão para o crescimento da empresa e jamais confunda o caixa do estabelecimento com a sua carteira. Afinal, a ideia é que o crédito seja uma solução para o seu negócio, e não um potencial problema.

Precisa de um empréstimo para abrir um negócio? Então conheça as opções do Banco Inter.