O ano mal começou e já na primeira semana subiram as bolsas, o dólar e os juros.

A vitória dos democratas na disputa pelas últimas cadeiras do Senado nos Estados Unidos, gerou expectativa de mais estímulos na economia norte-americana o que animou o mercado internacional.

No Brasil, a Ibovespa voltou a bater recordes ultrapassando 125 mil pontos pela primeira vez. Boa parte da alta foi impulsionada pelas empresas de comoditties com expectativa de um cenário global mais favorável para nossas exportações.

Do lado negativo, o real teve uma depreciação de 4% e o dólar voltou a ser cotado acima de R$5,40.

Confira o que mais foi destaque no mercado financeiro na semana passada, com comentários da Economista-Chefe do Inter, Rafaela Vitória.