Você é o tipo de pessoa mais conservadora que deseja um futuro estável e seguro?

Então, #contacomagente pra te ajudar a garantir a tranquilidade merecida e fazer o melhor planejamento.

Neste post, você vai descobrir se vale a pena investir em Previdência Privada e esclarecer suas dúvidas sobre essa aplicação. Mas, antes…

Imagine a cena:

Você chegou na melhor idade, passou anos e anos se dedicando ao trabalho duro.

Daí, quando finalmente chega a hora de aproveitar seu merecido tempo de descanso, você se vê numa situação complicada.

Não tem mais sua renda integral e a aposentadoria paga pelo INSS, além de não suprir suas necessidades do dia a dia, mal paga as contas do mês.

Justamente quando você pensava que não ia mais passar perrengues.

A boa notícia é que você pode fugir desse cenário, fazendo um plano de previdência privada do Banco Inter e garantir um futuro mais confortável.

Vamos te mostrar a melhor maneira de garantir, agora, a sua aposentadoria e tranquilidade no futuro. Confira!

Planejar o futuro

A expectativa de vida em praticamente todo o mundo está aumentando.

De acordo com o IBGE, a média de vida de um cidadão brasileiro que era de 72,7 anos passou para 75,8.

A tecnologia, a medicina, as práticas esportivas e alimentares mais saudáveis, estão contribuindo para essa realidade.

Uma boa saída para que você chegue lá bem, financeiramente falando, é recorrer a um plano de previdência privada, pois ele te proporciona usar o valor investido como quiser.

Com o recurso, além de complementar sua aposentadoria, é possível manter seu padrão de vida, reformar a casa, trocar de carro, pagar a faculdade do seu filho, fazer aquela viagem dos sonhos e muito mais!

Qual o melhor momento para investir em previdência privada?

Não há uma data mínima para o início das contribuições. Então, quanto mais cedo, melhor.

Você pode reservar 10% da sua renda total e começar a aplicar quando quiser.

Vale lembrar que o imposto cobrado pela Receita Federal diminui conforme o tempo que você espera para fazer um resgate na tabela regressiva.

Por exemplo: ao iniciar as contribuições aos 30 anos e realizar o resgate com 60, a alíquota será de apenas 10%.

Mas, se você começar a contribuir aos 55 para resgatar aos 60, o imposto pula para 25%.

Vale destacar ainda que a previdência privada rende juros sobre juros, ou seja, o valor aumenta exponencialmente com o decorrer dos anos.

Confira um bom exemplo:

 

Dados simulação
Idade atual 30 anos
Idade que deseja aposentar 65 anos
Contribuição mensal R$250,00
Rentabilidade anual estimada 8% a.a.
Resultado
Reserva acumulada R$535.641,89
Renda mensal estimada R$3.423,12

Não é caro investir em Previdência Privada!

Aqui no Banco Inter é possível fazer um Plano de Previdência Privada a partir de R$ 50,00 por mês.

E você ainda consegue fazer aplicações no decorrer dos anos. São os chamados Aportes.

Eles variam com o plano escolhido.

No mês seguinte e nos subsequentes a quantia pode variar de acordo com a sua vontade.

Mas o importante é sempre depositar um valor igual e aumentar na medida em que sua vida financeira estabilizar.

Uma boa dica é evitar o hábito consumista de pequenas compras no mês (uma camisa nova, almofadas para compor a sala, aquele objeto de decoração…).

Com a economia, você aumenta o aporte e tem um lucro maior quando fizer a retirada do dinheiro.

O investimento te oferece 4 opções de resgate:

  • Resgate total: com ele você poderá resgatar o valor integral do seu investimento a qualquer momento, observando o prazo de carência, inclusive após sua aposentadoria.
  • Resgate Parcial: essa opção permite que você faça resgates parciais de seu investimento a qualquer momento, observando o prazo e a carência.
  • Renda mensal vitalícia: aqui, o investidor receberá uma quantia mensal estipulada até o seu falecimento.
  • Renda mensal vitalícia com prazo certo: com esse plano, você recebe mensalmente a quantia estipulada na data em que escolher receber uma renda até o fim do prazo contratado. Em caso de falecimento, um beneficiário receberá o restante das parcelas até o fim do prazo definido.

As vantagens que os planos de previdência privada, oferecem:

  • Benefício fiscal (quem tem PGBL pode deduzir até 12% de sua renda bruta anual tributável. Por exemplo, uma pessoa que teve R$50.000,00 de rendimento no ano, pode informar na declaração de IR R$44.000,00, ou seja, deduzir 12% sobre R$50 mil.)
  •  Poupar a longo prazo.
  • Portabilidade do plano de previdência para outras instituições.
  • Possibilidade de resgate total ou em valores mensais.

Gostou? Então entre em contato conosco e saiba como investir em previdência privada.