Com a Selic em baixa, muitos investidores têm procurado diversificar os investimentos com outras alternativas de renda fixa.

Entre as opções que têm chamado a atenção dos investidores estão os Certificados de Recebíveis imobiliários (CRI).

Neste post, vamos explicar o que é CRI, quais são as particularidades desse papel e como investir.

O que é CRI?

Para facilitar, vamos começar com um exemplo: imagine uma construtora que acaba de entregar um empreendimento imobiliário.

Nos próximos 10 anos, a empresa receberá parcelas dos financiamentos, mas gostaria de antecipar esses recebíveis para ter acesso imediato aos recursos.

Uma forma de fazer isso sem recorrer a um empréstimo bancário tradicional é captar recursos no mercado, oferecendo Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI).

Esses papéis são lastreados no direito de crédito, ou seja, no valor que a empresa tem a receber.

Além disso, oferecem remunerações específicas para os investidores, de acordo com o perfil do papel.

Como funciona um CRI?

CRI é um investimento de renda fixa, lastreado por operações do setor imobiliário.

São aplicações de longo prazo, que oferecem uma remuneração pré-fixada ou pós-fixada, normalmente atrelada a indicadores como o CDI ou o IPCA.

Uma das vantagens do CRI é a isenção total de Imposto de Renda.

Além disso, a rentabilidade costuma ser superior a outros produtos de renda fixa.

Já que, além da isenção de IR, algumas empresas podem oferecer taxas maiores para captar investidores.

Mas na hora de escolher um CRI, é importante conhecer a saúde financeira da empresa e avaliar a classificação de risco que ela tem no mercado (também conhecido como rating).

Isso porque o CRI é uma aplicação que não conta com a garantia do FGC, o Fundo Garantidor de Crédito.

Uma dica é procurar pelo rating da companhia acessando a sua página de Relações com o Investidor.

Se você não conhece a fundo o universo financeiro, nossa equipe de investimentos está à disposição para ajudar na hora de escolher o CRI mais adequado aos seus objetivos.

Para investir, basta entrar em contato por e-mail, ou pelo 3003-4070.