Se você fez ou pretende fazer alguma operação de compra ou venda que envolva uma empresa estrangeira, você vai precisar gerar uma Invoice. Mas o que é Invoice? No bom português, ele nada mais é do que uma nota fiscal, ou o documento de formalização da sua operação estrangeira. 

Por exemplo, se você vai fazer um curso fora do país e precisa pagar a escola em que vai estudar, esta escola vai precisar emitir um documento com valores e discriminações para você. 

Ou se você é um desenvolvedor de software, por exemplo, e fechou um contrato de trabalho nos EUA. Suponha que neste trabalho você vai receber US$ 5.000 todos os meses, ou seja, você provavelmente vai precisar emitir uma Invoice por mês para quem te contratou. 

Assim como a NF aqui no Brasil, gerar uma Invoice faz parte da regulamentação para operações comerciais envolvendo outros países. 

>>operação de câmbio é recomendável emitir uma Invoice, mas nem sempre é obrigatório.

Envio opcional (mas recomendável)

Se você fez operações de até US$ 3.000,00 (três mil dólares dos Estados Unidos) – ou seu equivalente em outras moedas – não é obrigatório apresentar nenhuma documentação que justifica a entrada ou saída do valor do pais – nem mesmo a Invoice. 

Mas, neste caso, ainda é preciso detalhar o código da natureza da operação, ou seja a justificativa do envio ou recebimento (se a operação for feita no app, o código será escolhido no próprio app. Se for feita pela mesa, entre em contato com a gente por chat ou no 3003-4070 (opção 7).

Contudo, nos casos de operações que forem consideradas suspeitas, nossa equipe pode pedir alguma documentação que comprove a operação. Ai fica necessário ter a Invoice! 

Envio obrigatório

Em toda operação acima de US$ 3.000,00 (três mil dólares dos Estados Unidos) – ou seu equivalente em outras moedas – é obrigatório apresentar comprovação documental .

Como enviar uma Invoice?

Para enviar uma Invoice basta criar um documento com as seguintes informações: Nome e endereço completo do emissor;

– Nome e endereço completo do destinatário;
– Data de emissão;
– Número sequencial;
– Moeda;
– Descrição dos produtos ou serviços (desejável NCM – Nomenclatura Comum do Mercosul); 
– Quantidade (se houver);
– Valor unitário (se houver);
– Valor total por produto ou serviço;
– Valor total da Invoice;
– Forma de pagamento (antecipado, à vista, à prazo, etc.)
– Instruções para pagamento (Banqueiro, Endereço, Código SWIFT, Conta/IBAN, [se houver: Banqueiro Intermediário, Endereço, Código SWIFT, Conta/IBAN];
– Assinatura do emissor (desejável).

Atenção: a Invoice deve ser um documento de imagem (PDF, JPG, etc.) legível, não pode der documento editável.

Veja abaixo um exemplo de Invoice: 

Modelo exemplo de Invoice
informações bancárias adicionais da Invoice

Não cometa estes 10 erros

Antes de enviar sua Invoice confira se não deixou de preencher nenhum dos itens abaixo. Assim, você envia retrabalho e dores de cabeça no seu recebimento ou envio:

  1. Data e número de controle inexistentes, repetidos ou inválidos;
  2. Ausência de informações do pagador;
  3. Ausência de canal bancário;
  4. Descrição do serviço/produto insuficiente;
  5. Ausência da informação sobre a forma de pagamento;
  6. Ausência da informação de qual moeda a ser paga;
  7. Múltiplos canais bancários sem o devido direcionamento.
  8. Invoices com data superior a 360 dias            
  9. Invoices ilegíveis
  10. Ausência de dados do beneficiário (nome, endereço etc.)

Ainda ficou alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários! E se precisar #contacomagente!