Você já se pegou pensando “quero começar a investir”, mas acha que não combina com o seu perfil? Ou até já pensou sobre investimentos, no entanto não sabe por onde começar?

Não se preocupe, hoje vamos te mostrar que fazer aplicações não é complicado, porque, ao contrário do que muita gente pensa, não é necessário ser um especialista ou ter muito dinheiro para ser um investidor.

Então, #contacomagente para te ajudar a dar os primeiros passos no mundo dos investimentos.

1. Defina seus objetivos

Primeiro, é muito importante estabelecer quais são seus objetivos. Afinal, por que você quer começar a investir? Pegue o papel e caneta e faça uma lista com as coisas que você quer conquistar na vida.

Não se assuste com o tamanho da lista! Essas serão suas motivações para começar a fazer o seu dinheiro render. Além disso, assim você consegue visualizar quais as suas metas a curto, médio e longo prazo, e ser mais assertivo na hora de definir quais investimentos fazem mais sentido pra você.

2. Se planeje

Essa é uma dica básica, mas fundamental. Sem planejamento financeiro, dificilmente você irá conseguir começar a investir. Quando não temos noção do quanto gastamos, não dá pra saber quanto podemos investir, não é mesmo?

Por isso, separe todas as suas despesas mensais (aluguel, faculdade, internet, curso de inglês, etc.) e já se organize financeiramente. Geralmente, esses gastos possuem valores fixos, o que acaba tornando o planejamento mais fácil. Já aqueles que podem variar (água, luz ou transporte), o ideal é que se faça uma estimativa de acordo com os valores gastos nos meses anteriores.

Se tiver alguma dívida, também é importante correr atrás para quitá-la ou fazer uma negociação. Assim você evita que os juros subam cada vez mais e atrapalhem seu planejamento no futuro. Não se esqueça de separar também o dinheiro para o lazer (a comprinha online entra aqui!) e uma reserva de emergência.

Veja dicas para ter uma reserva de emergência.

Como fazer uma Reserva de Emergência Financeira | Inter Invest

3. Comece poupando (mas não pare por aí!)

Depois que você pensou nas suas metas e tá com seu planejamento em dia, está na hora de começar a poupar. Sobrou um dinheirinho na sua conta no final do mês? Você pode colocar este dinheiro na Poupança, ela é um ótimo jeito para começar a sua reserva financeira.

A Poupança aqui no Inter, por exemplo, é um investimento fácil e seguro. Ela não tem um valor mínimo para aplicação e você pode resgatar seu dinheiro quando quiser. Além de ser isenta do Imposto de Renda. É só ficar atento a data de aniversário da sua aplicação, ou seja, o dia que a sua aplicação completa um mês. Como a poupança rende mensalmente, se você retirar o dinheiro antes da data de aniversário da aplicação, não receberá o rendimento sobre o valor aplicado. E se tiver mais de uma aplicação, cada uma vai ter sua própria data de aniversário.

Essa é uma ótima forma de começar a investir, mas pra realizar os seus sonhos não dá pra ficar só por aí, né? A simplicidade da poupança é ótima no início, mas possui um rendimento muito baixo comparado a outros investimentos. Por isso, não se acomode e busque outras alternativas para diversificar sua carteira. Pra fazer isso da forma correta, confira a próxima dica.

4. Descubra seu Perfil de Investidor

Antes de ir aplicando seu dinheiro, é importante entender qual investidor é você. De acordo com o grau de risco que pretende correr, separamos os investidores em três tipos: conservador (busca mais segurança e baixo risco), moderado (está aberto a riscos, mas ainda aprecia a segurança) e arrojado (quer mais rentabilidade, mesmo com altos riscos).

Não sabe qual o seu? Acessando nossa Plataforma de Investimentos pelo aplicativo você faz o teste e já tem o resultado!

Essa é uma etapa importante porque te ajuda a visualizar quais tipos de investimentos são mais indicados com o seu momento. Se seu perfil for conservador, por exemplo, investimentos em renda fixa são uma opção mais assertiva, como: CDB, LCI, LCA, Tesouro Direto, Debêntures, CRI, CRA, entre outros. Se for mais arrojado, os investimentos em Renda Variável são ótimas opções, pois podem trazer maior rentabilidade a longo prazo.

Pelo app você acessa todos eles e começar a investir com muita praticidade!

5. Seja paciente e curioso

Independente do seu perfil, uma coisa é certa: paciência é a palavra-chave. Afinal, começar a investir não é sinônimo de se tornar milionário da noite para o dia. Mas sim, uma forma de te ajudar a alcançar seus objetivos por meio de uma vida financeira rentável. Por isso, não se precipite, entenda a forma como seu investimento funciona e mantenha a disciplina na hora de investir.

Além disso, continue cultivando sua curiosidade, aprenda mais e fique de olho no mercado. Dessa forma, você vai conquistando uma visão mais analítica e toma decisões mais assertivas. Aqui no nosso blog estamos sempre dando dicas que podem te ajudar a explorar o mundo dos investimentos da melhor forma possível.

Não quer parar por aí? Veja mais dicas no vídeo:

Pra ficar atualizado sobre os nossos conteúdos, se inscreva para receber nossa newsletter e confira todas as novidades direto no seu e-mail!

😉