Despesas fixas e variáveis: como elas interferem no seu orçamento

Educação Financeira 17/01/2019 | 5:34

O ano acabou de começar e você está cheio de planos e objetivos que quer realizar em 2019? Lembre-se que seu planejamento financeiro pessoal mensal será responsável pelo seu sucesso.

Já a falta de organização financeira pode gerar dívidas não programadas ao longo do ano, que vão atrapalhar seus planos. Por isso, é importante conhecer quais são suas despesas fixas e variáveis. 

Por mais que você comece o ano novo com as contas em dia, com metas e disposição para planejar sua vida financeira, é bom lembrar que existem algumas despesas que não podem simplesmente ser cortadas.

Mas você sabe qual a diferença entre despesas fixas e despesas variáveis e como elas podem interferir no seu orçamento pessoal?

Despesas fixas

Despesas fixas são aquelas que se repetem todos os meses ou anos. São gastos que já podem ser programados no orçamento com custos médios já estipulados. Podem ser citadas como despesas fixas:

– IPTU
– Condomínio
– Mensalidade escolar/faculdade
– Plano de saúde

Estes gastos não podem ser cortados e dificilmente sofrerão algum reajuste. Mas então como fazer ajustes no orçamento em meses que surgem imprevistos? Ou como iniciar uma reserva financeira? E como começar uma reserva financeira? É aí que entram as despesas variáveis:

Despesas variáveis

Sao gastos que variam de acordo com a freqüência de consumo. Compras de supermercado, por exemplo, podem ficar mais baratas se itens supérfluos forem cortados. Podem ser citadas como despesas variáveis:

– Supermercado
– Energia Elétrica
– Combustível
– Alimentação

As despesas variáveis são essenciais e não podem ser cortadas, mas podem ser reduzidas. Para quem deseja economizar e investir,  abrir mão de pequenos confortos e regalias pode ser uma boa alternativa.

Despesas descartáveis

Ainda dentro da classificação dos seus gastos, você vai perceber que existem algumas despesas que podem ser classificadas como “descartáveis”. Elas estão geralmente ligadas ao lazer, passeios e gastos com bens materiais dispensáveis.

Saber como classificar e organizar seus gastos é muito importante para fazer os ajustes corretos quando necessário e entender o momento financeiro que você ou a família vivem.

Ao fragmentar o orçamento pessoal e familiar, fica mais fácil enxergar todo o cenário e conter gastos muitas vezes desnecessários, criando novas alternativas para o futuro!

Quer começar a colocar todas as suas despesas fixas e variáveis na ponta do lápis e controlar melhor seu orçamento agora mesmo?

Acesse também nossa planilha financeira, que vai te ajudar a se organizar e controlar melhor as despesas em 2019.