IBAN, SWIFT e canal bancário: onde encontrar?

Conta Digital 29/10/2019 | 6:31

Na hora de enviar ou receber dinheiro do exterior é comum se deparar com os termos IBAN, SWIFT e canal bancário. Mas o que estes termos significam e qual a importância de enviar estas informações de maneira correta?

Neste artigo vamos te explicar o que é o canal bancário e quais os documentos você não pode deixar de pedir ou preencher na hora de executar uma transferência internacional.

Vai enviar ou receber dinheiro do exterior? Não perca essas dicas:

Canal bancário: a sua identificação no exterior

Sabe quando você vai receber ou enviar uma TED aqui no Brasil e precisa ter em mãos  seus dados bancários completos e CPF para quem vai depositar na sua conta? Pois é, o canal bancário é uma versão dessas informações, mas em formato de transferência internacional. 

Chamamos de canal bancário as instruções que você envia ou recebe durante uma transferência internacional. Este canal é composto por várias informações, como código IBAN e SWIFT.

IBAN: é o número da conta bancária em formato internacional. Com ele é possível identificar o país, a agência e a conta. Cada conta tem um número de IBAN.

SWIFT: é o identificador do banco onde você criou a sua conta. Dessa forma, todos os clientes que tenham conta num mesmo banco, terão o mesmo SWIFT. O código SWIFT do Banco Inter é ITEMBRSP.

Como criar o canal bancário?

Como explicamos acima, o canal bancário são as instruções que você envia ou recebe durante uma transferência internacional. Dessa forma, você só precisa criar este canal se for receber uma transferência.

Para acessar seu canal bancário e receber uma transferência internacional:
1- clique na aba de câmbio no app da Conta Digital
2- selecione “recebimento”
3- escolha o país, a moeda, a motivação
4- faça uma cotação

Ao final deste processo você receberá o canal bancário no seu e-mail cadastrado e poderá compartilhar com a pessoa que fará a transferência para você.

Mas se  você for enviar uma transferência é o recebedor quem precisará te fornecer o canal bancário dele, ok?

Veja na imagem abaixo um exemplo de Canal Bancário enviado pelo Banco Inter:


Canal bancário fornecido pelo Banco Inter

No canal bancário fornecido pelo Banco Inter o cliente é chamado de beneficiário, mas é comum encontrar outras denominações, como cliente, costumer, entre outros.

Neste documento estão também os códigos IBAN e SWIFT.

Ah! Viu os códigos numéricos ao lado das informações, representados no exemplo pelos “campos 56, 57 e 58”?  Eles servem como referências para os bancos na hora de preencherem o envio das remessas, por isso é tão importante que cada campo da ordem de envio ou recebimento seja preenchido corretamente, evitando erros nas transferências.

Bancos intermediários

Você deve ter percebido o campo “Dados do intermediário” na imagem acima, e estar se perguntando para que serve isso. Pois é, para que as transferências internacionais aconteçam é preciso que exista um Banco Intermediário, (ou até mais de um), por onde passará a sua remessa, antes de cair em seu banco oficial aqui no Brasil. Isso faz parte dos trâmite de internacionais de câmbio, ou seja, não é uma exclusividade do Banco Inter.

A função desse Banco Intermediário é a de receber os valores na moeda estrangeira do cliente e repassar para o banco final (Banco Inter).

Nesse e-mail em que você receberá seu canal bancário, você encontra todos os dados do banco intermediário, mas nem sempre eles são solicitados na hora de fazer ou receber sua remessa, mas por via das dúvidas preferimos informar você disso tudo, ok?

Não recebi uma transferência, e agora?

Imagine só: você presta um serviço para o exterior e o seu contratante informa que realizou seu pagamento na data combinada. Você aguarda a ordem de pagamento aparecer no seu app para resgatar o valor e nada acontece. A única garantia que você tem de que o pagamento foi feito é a palavra do pagador, certo?

Errado! É essencial que um comprovante de pagamento seja enviado após uma transferência internacional. Esta é a única maneira de assegurar que a transferência foi feita de forma correta para o seu canal bancário, ou de identificar qual o erro, caso esta ordem não chegue para você.

Sem um comprovante de pagamento é praticamente impossível rastrear a transferência, e você fica a mercê da palavra do pagador.

Viu só? Fazer uma transferência internacional pode ser simples. E para não cair em ciladas, basta ter todos os comprovantes das transações e um banco bem parceiro ao seu lado!

Para consultar as opções de envio e recebimento do Banco Inter acesse o app na aba câmbio!

mais lidas

home-broker-banco-inter-como-funciona
Invista Direto

Tudo o que você precisa saber sobre o home broker do Banco Inter

Em dezembro, o Banco Inter deu mais um passo para romper barreiras desnecessárias e lançou a